Ortodontia

Ortodontia

É a especialidade que através de aparelhos dentários corrige os dentes mal posicionados, desalinhados e a má oclusão, que além dos danos estéticos, podem afetar a mastigação, trazer disfunções nas articulações da mandíbula, resultando em frequentes dores de cabeça e na ATM. Os dentes desalinhados são mais difíceis de higienizar, aumentando o risco de cáries, placa e tártaro.

Os dentes não devem apenas ser alinhados e corrigidos, eles devem combinar naturalmente com a face. Por isso, o tratamento ortodôntico pode, muitas vezes, ir muito além do uso dos aparelhos dentários. Ele também deve contemplar resultados faciais como proporção entre o terço médio e inferior da face, harmonia entre altura e largura da face, a relação e a proporção entre os lábios superior e inferior e a curvatura que eles apresentam.  É também levado em consideração o quanto de dente e gengivas são expostos com os lábios relaxados e durante um sorriso. É avaliado se os lábios fecham de forma natural, sem exigir uma força muscular excessiva, e até mesmo a projeção do nariz em relação à face. Por conta de todos esses fatores é crucial a opinião de um especialista. Cabe ao ortodontista uma avaliação completa, não somente dentária do paciente, mas de toda a sua face, levando em conta a variação individual de cada paciente e a sua aceitação psicológica frente aos resultados desejados. Também é esse profissional que vai avaliar qual entre os tipos de aparelhos dentários é o mais indicado para você.

 

Tipos de Aparelhos Ortodônticos:

 
Aparelho fixo convencional

Esse é tipo mais comum de aparelho dentário, formado por fios, bráquetes e as famosas borrachinhas coloridas

 
Aparelho autoligado

São aparelhos mais modernos que não usam as borrachinhas coloridas. Esse acessório se torna desnecessário porque, no modelo autoligado, o fio ortodôntico passa a ser preso diretamente no bráquete, facilitando a higienização. Sem os fios, o aparelho fica com um aspecto mais discreto, e além disso, os bráquetes também são menores do que os utilizados no aparelho tradicional.

 
Aparelho estético convencional

Os aparelhos são compostos por bráquetes de materiais como policarbonato, porcelana ou safira, que são mais discretos e não aparecem tanto no sorriso. Possuem as ligaduras (borrachinha) que podem ser colocadas em cores mais claras.

 
Aparelho estético autoligado

São aparelhos com as mesmas características do sistema autoligado com bráquetes transparentes.

 
Alinhadores Invisíveis (Invisalign)

Os alinhadores têm a mesma função que os aparelhos convencionais, alinhar os dentes mal posicionados, mas com a vantagem estética, já que as placas são transparentes e quase imperceptíveis e prática higienização, pois é possível removê-las para realizar as refeições. Com acabamento refinado, os alinhadores não causam desconfortos como os fios metálicos.

 
Aparelho Removível

Aparelhos removíveis são aqueles que podem ser retirados da boca pelo paciente. O sucesso do tratamento também dependerá da colaboração do paciente com o uso correto do aparelho. Podem ser ortodônticos, os quais realizam pequenas movimentações dentárias, ou ortopédicos, utilizados nas correções de alterações ósseas.

× WHATSAPP AQUI!